Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/institutolobo/public_html/mbeatrizlobo/wp-content/plugins/facebook-import-comments/classes/FacebookCommentImporter.php on line 185

Qual a lição e semelhança entre o Corinthians e Organizações no Brasil?

by Maria Beatriz Lobo - dezembro 16th, 2012.
Filed under: Assuntos Gerais e Atualidades, Esportes, Mundo do Trabalho. Tagged as: , , .

Qual a lição e semelhança entre o Corinthians e as Organizações no Brasil?

Post 54

                O campeonato mundial de clubes conquistado pelo Corinthians e todos os comentários de especialistas sobre as qualidades e decisões que levaram o clube paulista a vencer um dos principais e mais caros times da Europa me fez pensar que as constatações e lições do que ocorreu se aplicam muito bem a vários ramos de atuação, sejam empresas, governos, ou qualquer tipo de organização, inclusive as instituições de ensino superior (IES), que estão na área em que eu mais trabalho:

1-      Os dirigentes (ou donos) não podem sempre vitimar o técnico (ou o profissional responsável) em razão de derrotas, em especial quando não deu as condições mínimas para que se produzissem os resultados esperados;

2-      Uma composição de bons profissionais em qualquer campo já ajuda muito na busca de vitórias, mas a formação de uma verdadeira equipe pode ajudar a superar obstáculos que só bons salários não podem comprar;

3-      É preciso escolher bem cada peça, saber como aplicar cada talento e não ter medo de substituir (esporádica ou definitivamente) alguém para benefício do coletivo;

4-      Não adianta trabalhar só com amadorismo e boa vontade, é preciso ter os profissionais certos no lugar certo, as condições necessárias para desenvolver o trabalho, tempo para amadurecer e muito, muito esforço (treinamento!);

5-      Inovar e contar com suas próprias forças são, muitas vezes posturas mais vitoriosas e rentáveis que superar só algumas fraquezas ou buscar parceiros que só querem resultados financeiros;

6-      Um time grande pode até cair, mas se levanta e depois volta a ocupar um lugar de destaque: times pequenos e medíocres, que lutam sempre no limiar dos resultados (ou seja, na conta do chá) estão sempre com a corda no pescoço!

7-      Se você não tem os melhores, é preciso cuidar da tática, planejar e se diferenciar pela perseguição obsessiva de alcançar o que foi planejado;

8-      Lutar para dar resposta a quem se ama o que nós fazemos, ou para quem nos ama, é mais estimulador que qualquer incentivo financeiro;

9-      Vencer é ótimo, mas é melhor quando não se perdeu a humildade; e

10-  Mesmo os melhores e que estão no alto podem cair, pois não há invencíveis!

Deixe seu comentário!

This blog is protected by Dave\\\\\\\'s Spam Karma 2: 243908 Spams eaten and counting...