Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/institutolobo/public_html/mbeatrizlobo/wp-content/plugins/facebook-import-comments/classes/FacebookCommentImporter.php on line 185

A desculpa do meio ambiente para repassar os custos aos clientes! Post 46

by Maria Beatriz Lobo - maio 6th, 2012.
Filed under: Assuntos Gerais e Atualidades, Educação em Geral e Ensino Superior, Mundo social e político. Tagged as: , , , .

A desculpa do meio ambiente para repassar os custos aos clientes!

Post 46

Por favor, ambientalistas de plantão, não quero diminuir a importância da contribuição de todos para a melhoria das condições do planeta. Nem pensar! Temos todos que cuidar do meio ambiente sim, mas a história das sacolinhas de plástico nos supermercados de São Paulo é de deixar a gente roxa de raiva!
- Primeiro: sim, quem tem, ou deseja usar embalagens próprias retornáveis para fazer suas compras, beleza!
- Segundo: Eu não ando no meu carro com dezenas de sacolas próprias para fazer, por exemplo, uma compra de mês! Acho bárbaro que se queira substituir as sacolas de plástico por outras que não agridam o meio ambiente, mas aí você chega no supermercado e escuta a frase: a senhora trouxe as suas sacolas? É claro que não! Tenho 2 carrinhos de compras e não há sacolas que eu saiba (de antemão) que serão suficientes para cada tipo de compra, ainda mais do tamanho da compra que eu fiz.
Aí vem a armadilha: o supermercado não tem mais sacola de plástico, mas tem para VENDER as sacolas “ambientalmente” mais corretas, no caso a 0,49 centavos cada!
Perdi as estribeiras: falei com a caixa que a OBRIGAÇÃO de quem vende é propiciar a embalagem que permita ao cliente levar as compras para casa. Aí levei um sermão: que os países mais desenvolvidos fazem a mesma coisa que eles estão fazendo! Eu perguntei que países ela já tinha conhecido para fazer tamanha e tão categórica afirmação e sei que a resposta é claro que nenhum!
Expliquei a ela e ao ajudante que fazia os pacotes que essa “lavagem cerebral” que fizeram neles, com este discurso para tentar deixar a gente de saia curta não pega em pessoas mais esclarecidas que viajam pelo mundo e está baseada em uma verdade parcial dos fatos.
Muitos cidadãos de outros países usam mesmo sacolas próprias para levar e pequena compra do dia a dia, mas quando não, na maioria dos países desenvolvidos, é a empresa que fornece as embalagens e a empresa que quer ser ambientalmente responsável é quem fornece as embalagens ecológicas sem repassar esse custo aos clientes!
De nada adiantou: são soldados de uma causa que vai suprimindo aos poucos os próprios empregos deles, porque em algum momento alguns supermercados vão dar as sacolas “corretas” de graça e a concorrência vai prevalecer, as vendas dos demais vai subir, as deles cair e são esses coitados (caixas, pacoteiros etc) bom de discursos é quem vão para a rua!
Expliquei a eles que entendia a política, mas não como uma obrigação compulsória e que não sairia de lá sem minhas compras e não compraria porcaria nenhuma de sacolinhas (inclusive para o supermercado ganha dinheiro em cima dessa venda, também, porque todos sabem que ganham sim!).
Aí veio a solução genial! As caixas de papelão! Dezenas delas (como se não fossem também uma agressão ao meio ambiente pelo corte de árvores, processos de tratamento de água etc). Devo ter levado junto milhões de carunchos, baratas e outros insetos ou pragas para casa.
Perguntei a ela como se sentia com as reclamações que recebia e ela me disse outra pérola: a senhora deveria reclamar com o dono do supermercado!
Eu rapidamente respondi: Quem? Aquele que fala com Deus? Ele está aqui para nos ouvir, nós os comuns mortais?
Se estivesse eu diria: põe a mão no bolso para bancar sua ação de marketing política correta que só repassa ao seu cliente os custos que são seus!

Deixe seu comentário!

This blog is protected by Dave\\\\\\\'s Spam Karma 2: 243908 Spams eaten and counting...